A Armada Do Papa

01/06/2016 17:20

 

Há tempos a perda de adeptos preocupa a Igreja Católica. O crescimento de seitas evangélicas protestantes esvazia os salões da Madre Igreja e preocupa teólogos em todo o mundo. Mas estudiosos têm detectado a reação do catolicismo em alguns surpreendentes movimentos ainda pouco conhecidos dos fiéis em geral. Em épocas de revolução carismática, o inglês Gordon Urquhart - ele mesmo um membro de uma dessas correntes, o Folcolare - mostra, em A ARMADA DO PAPA, que algumas dessas respostas da Igreja se identificam com seitas clandestinas mais do que seria esperado. Lavagem cerebral, cerimônias de iniciação, destruição do ego, intimidação moral e espiritual e psicoterapias questionáveis são apenas algumas das práticas encontradas nesse meio de segredos e axiomas da fé. A ARMADA DO PAPA faz uma análise crítica dos três mais ultratradicionalistas e conservadores movimentos da Santa Sé: Folcolare, Neocatecumenato e Comunhão e Liberação. Os três possuem sede em Roma e alegam ter mais de 30 milhões de seguidores ao redor do globo. Com o forte apoio do mais popular papa de todos os tempos, João Paulo II, cada um é completamente auto-centrado e liderado por um fundador carismático, uma personalidade forjada no centro do culto. Os movimentos competem com tradicionais ordens católicas, como os franciscanos e beneditinos, e fazem do papa o centro de uma cruzada em busca do resgate do poderio espiritual e político da Igreja Católica, dilapidado ao longo das últimas décadas. O apoio do papa a tais movimentos divide a Santa Sé e o coloca diretamente contra diversos diáconos, bispos, padres e milhares de fiéis. Professando sua lealdade absoluta à Santa Sé, estes movimentos têm sido carinhosamente aceitos por Roma como respostas aos problemas internos da Igreja e têm sido agraciados com numerosas nomeações para departamentos do Vaticano. João Paulo II tem feito publicamente a apologia deles como constituindo sua "armada" pessoal na cruzada em favor dos valores fundamentalistas e da teologia reacionária. Na realidade, à medida que a saúde do Papa vai declinando, estas seitas poderosas e sinistras poderiam muito bem se transformar em seu mais duradouro legado para o século XXI. A ARMADA DO PAPA mostra como, muitas vezes, esses setores abraçam aspectos sociológicos do evangelismo e, de forma bastante usual, reinterpretam e rejeitam valores arraigados do catolicismo romano. Urquhart aponta a diferença entre os movimentos - alguns são extremamente agressivos - , conta histórias verídicas de membros e ex-adeptos, revela documentos secretos e nos confessa sua participação e experiência nesse meio quase clandestino. Urquhart projeta um clarão revelador no interior do estranho mundo dessas organizações.

LIVRO DIGITAL - PDF

E-BOOK

SAIBA MAIS, CLIQUE AQUI

 


Contato

serginho sucesso

CURITIBA -PR

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!