A verdade é mole. A Globo não apoiou a ditadura!

23/04/2015 18:42

A Globo não apoiou a ditadura!

O Walter Clark e o Paiva Chivas montaram um sistema próprio de censura dentro da Globo.

 

 

O “projeto William Bonner” começou a ser exibido nessa segunda-feira, 20/04, no jornal nacional.

Será uma série de “reportagens” sobre a gloriosa carreira do jornal nacional a favor da Democracia!

É um exercício em hipocrisia !

A partir dos 7′43” aparece um dos filhos do Roberto Marinho – eles não têm nome próprio – para descrever o indescritível sofrimento da Globo com a ditadura.

O jornal nacional vivia com a baioneta dos militares nas costas.

A censura, sufocante.

(O Conversa Afiada recomenda a leitura do clássico “Cães de Guarda – Jornalistas e censores, do AI-5 à Constituição de 1988”, de Beatriz Kushnir, para ver como a Globo adotou um esquema especial de auto-censura, sob a batuta do Walter Clark e do Coronel Paiva Chaves, conhecido como Paiva Chivas.)

Alguns repórteres chegaram a descrever o suplício de conviver com as botas dos militares sobre os pescoços.

Era proibido falar em “fome” !

Você chegava à redação e descobria que não podia tocar num assunto que você ignorava completamente !

Lágrimas copiosas.

(Um comentário à parte ! O Bonner agora anda ! Que naturalidade ! Parece um coxo numa pista de gelo !)

A Fátima Bernardes suspendeu provisoriamente a tarefa de vender presunto para falar de “jornalismo” !

Ali estava o excelente repórter Ernesto Paglia, que não foi convidado a depor sobre o comício das Diretas que o Roberto Marinho mandou tratar como um convescote pelo aniversario da cidade de São Paulo.

O Caco Barcelos, outro craque, poderia depor sobre os cadáveres da ditadura nas covas rasas de São Paulo.

E que voz tinha o Heron Domingues, mestre dos mestres !

Tudo isso desaparece diante da desfaçatez de esconder a dura verdade: a Globo apoiou a ditadura.

E nela engordou !

Em tempo: lamentável que o “projeto Bonner” para os 50 anos jornal nacional tivesse omitido alguns dos responsáveis pela  expansão e o sucesso – agora na casa dos 22 pontos de Globope … – do jornal criado e concebido pelo Armando Nogueira.

Armando foi tratado, assim, como se quase não tivesse existido – de favor.

E nenhuma menção à Alice Maria, pulmão direito e esquerdo do Armando.

O ansioso blogueiro, que por lá andou, faz questão de ressaltar, ainda, o papel de Evandro Guimarães e Raul Bastos, responsáveis pela montagem e preservação da rede nacional que o jn alcançou.

Sem os dois, o jn não saía do Jardim Botânico.

Mas, quem sabe, a série gloriosa se encerrará com a apologia do Gilberto Freire com “i” (ver no ABC do C Af), o mais poderoso Diretor de Jornalismo (sic) da história da emissora.

(O ansioso blogueiro trabalhou com os três que o antecederam …)

O que explica muita coisa …


Paulo Henrique Amorim

http://www.conversaafiada.com.br/pig/2015/04/21/a-verdade-e-mole-a-globo-nao-apoiou-a-ditadura/#.VTfX8_xlZuE.facebook


 

 


Contato

serginho sucesso

CURITIBA -PR

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!