11 razões pelas quais você não consegue perder a gordura abdominal

29/04/2015 19:47

Insônia, fatores genéticos, alerta de doença cardíaca, diabetes tipo 2, resistência à insulina e alguns tipos de câncer podem ser alguns dos fatores pelos quais você não consegue se livrar da insistente gordura abdominal.

Primeiramente devemos saber que as células armazenadoras de gordura recebem o nome de adipócitos e do ponto de vista do emagrecimento, o importante é entendermos como a gordura é retirada do adipócito e utilizada pelos músculos envolvidos no exercício. Aquela ideia de que irei fazer 500 abdominais para perder gordura da barriga não existe, pois a gordura não é queimada localizadamente.

A gordura que se acumula no abdômen constitui a reserva energética do organismo e tende a aumentar sempre que a ingestão calórica for superior ao gasto. A camada muscular, por seu lado, é constituída por diversos músculos planos, como é o caso dos músculos oblíquos, externo e interno e do reto do abdômen.

Livrar-se do crescimento da sua gordura abdominal é importante não só por questões de vaidade mas acima de tudo, pela saúde. O excesso de gordura abdominal, particularmente, do tipo que envolve seus órgãos e “infla” seu estômago e transforma sua barriga na famosa “barriga de cerveja” pode ser um alerta de doença cardíaca, diabetes tipo 2, resistência à insulina e alguns tipos de câncer.

Se a dieta e sua rotina de exercícios não têm surtido efeito na redução da gordura, seus hormônios, sua idade e outros fatores genéticos podem ser a razão de você não conseguir emagrecer. Leia abaixo sobre as 11 razões pelas quais a gordura da barriga não quer ir embora.

Você está ficando mais velho

6

Conforme você envelhece, seu corpo muda a forma como ele ganha e perde peso. Tanto os homens como as mulheres tem sua taxa metabólica reduzida. Isso acontece com as mulheres o período da menopausa. “Se as mulheres ganham peso após a menopausa, é mais provável que seja em suas barrigas”, afirma o Dr. Michael Jensen, professor de medicina na divisão de endocrinologia da Clínica Mayo.

Na menopausa, a produção dos hormônios estrogênio e progesterona desacelera. Enquanto isso, os níveis de testosterona também começam a cair, mas em um ritmo mais lento. Essa mudança de hormônios faz com que as mulheres ganhem peso em suas barrigas. A boa notícia: você pode lutar contra este processo.

Você está fazendo o treino errado

7

Uma corrida, caminhada ou aulas de spinning podem ser ótimas para o seu coração, mas exercícios desse tipo não vão fazer muito por sua cintura. “Você precisa fazer uma combinação musculação e treinamento cardiovascular”, diz o Dr. Sangeeta Kashyap, endocrinologista da Cleveland Clinic. O treinamento de força aumenta a massa muscular, o que ajuda o seu corpo a queimar mais gordura.

“Os músculos queimam mais calorias do que a gordura, e portanto, naturalmente você vai queimar mais calorias durante o dia por ter mais músculos”, diz Kate Patton, nutricionista da Cleveland Clinic. Patton recomenda 250 minutos de exercício de intensidade moderada ou 125 minutos de exercícios de alta intensidade por semana.

Você está comendo muitos alimentos processados

8

​​”Pão francês, biscoitos e batatas fritas, bem como açúcares refinados em bebidas açucaradas e sobremesas aumentam a ‘inflamação’ em nossos corpos”, diz Patton. “A gordura da barriga está associada à inflamação, portanto, comer muitos alimentos processados ​​irá dificultar a sua capacidade de perder gordura da barriga.” Os alimentos naturais como frutas, verduras e grãos integrais são cheios de antioxidantes, que têm propriedades anti-inflamatórias e podem, portanto, impedir o aumento da gordura na barriga, diz Patton.

Você está comendo as gorduras erradas

9

O corpo não reage a todas as gorduras da mesma forma. Uma pesquisa correlaciona alta ingestão de gordura saturada (o tipo de gordura que se tem em carne e laticínios) ao aumento da gordura visceral, diz Patton. Por outro lado, as gorduras monoinsaturadas (do tipo que são encontradas em azeite de oliva e abacate) e tipos específicos de gorduras poli-insaturadas (principalmente ômega-3, encontrado em nozes, sementes de girassol e peixes como o salmão) têm efeitos anti-inflamatórios no corpo, e se consumidos em porções adequadas pode fazer seu corpo ficar mais saudável. Mas Patton adverte que comer muita gordura de qualquer tipo aumenta sua ingestão de calorias e pode levar ao ganho de peso, portanto, aproveite as gorduras saudáveis ​​com moderação.

Seu treino não é o suficiente para seu corpo perder peso

10

Para banir de vez a gordura que insiste em ficar na barriga, você tem que seguir uma boa rotina de treinos. Em um estudo publicado na revista Medicine and Science in Sports and exercise, as pessoas que completaram um regime de treino de alta intensidade perderam mais gordura da barriga do que aquelas que seguiram um plano de baixa intensidade.

“Você precisa se exercitar com intensidade, porque o objetivo final é a queimar muitas calorias e exercícios de alta intensidade fazem exatamente isso”, diz a personal trainer Natalie Jill. Exercícios de alta intensidade significam que você está fazendo de tudo para trabalhar o seu corpo. Se isso soa intimidante, pense da seguinte maneira: você vai queimar mais calorias em menos tempo.

Você está fazendo os exercícios errados

11

Fazer flexões até que você não consiga levantar? Pare com isso! Quando você está com muita gordura acumulada na barriga, somente as abdominais não vão revelar o seu “tanquinho”. “Você não pode reduzir a área trabalhada”, diz Jill. Em vez disso, ela sugere fazer exercícios funcionais que usam os músculos abdominais, das costas, pélvicos, oblíquos – bem como outras partes do corpo.

“Estes exercícios usam mais músculos, para que haja uma maior taxa de queima de calorias”, diz ela. Pranchas são o exercício funcional favorito da personal trainer. Segundo ela, eles ativam não apenas os músculos das áreas anteriormente citadas, mas também os seus braços, pernas e músculos do bumbum.

Você está estressado

12

Os prazos apertados, contas, seus filhos – seja qual for a sua fonte de stress, ele pode tornar mais difícil para você deixar de lado aqueles quilos indesejados, especialmente os do abdômen. E não é só porque você tende a comer mais alimentos gordurosos quando você está estressado, apesar de ser parte responsável. O cortisol, o hormônio do estresse, pode ajudar a aumentar a quantidade de gordura do seu corpo. Níveis mais altos de cortisol foram ligados ao aumento da gordura visceral além de prejudicar na perda da mesma.

Você está dormindo pouco

13

Se você está entre os 30% dos americanos que dormem menos de seis horas por noite, aqui está uma maneira simples de reduzir gradualmente a sua cintura: durma mais. Um estudo com quase 70.000 pessoas de 16 anos descobriu que aquelas que dormiam cinco horas ou menos por noite eram 30% mais propensas a ganhar mais quilos do que aqueles que dormiam sete horas. Os Institutos Nacionais de Saúde de diversos países sugerem que pessoas em idade adulta durmam de sete a oito horas por noite.

Genética

14

Muitas pessoas tem o que é chamado de “corpo em forma de maçã”. Isso significa que a pessoa tem um tronco e ombros largos, além de costas e cintura. No caso das mulheres também os seios volumosos.  Esta predisposição genética significa que livrar-se da gordura da barriga será mais difícil mas não é impossível, diz Dr. Kashyap.

Você está doente

15

Doenças auxiliam no ganho de peso. Em mulheres, o alto nível de testosterona pode trazer dificuldade em perder peso. “Se você é uma forma de maçã e excesso de peso, é uma boa ideia consultar o seu médico uma vez que pode haver também uma chance de que você é diabético ou pré-diabético”, diz Dr. Kashyap.

Você está desmotivado

16

Você está comprometido com o trabalho necessário para perder gordura da barriga? “Reduzir a gordura da barriga precisa da combinação de uma dieta de baixa caloria rica em fibras e pobre em carboidratos e açúcar, juntamente com exercícios aeróbicos e musculação”, diz Dr. Kashyap. “Se você está disposto a fazer o trabalho, você pode perder o peso necessário e viver de forma saudável.”

fonte http://www.weblistas.com.br/11-razoes-pelas-quais-voce-nao-consegue-perder-a-gordura-abdominal/

Emagreça com Farinha Seca Barriga - Super Promoção!
Grande variedade de ervas medicinais. Preços acessíveis!

 


Contato

serginho sucesso

CURITIBA -PR

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!